Varejistas da Quinta Avenida lidam com as consequências da venda pela internet.