Após anos de crescimento intenso, os shoppings trabalham para enfrentar a recessão. Crise faz administradores negociarem aluguéis com lojistas.