Há dez dias o governo legalizou a possibilidade de os comerciantes oferecerem descontos para quem paga suas compras em dinheiro. Prática ganha fôlego.