Com a recessão e a crise no varejo, aumentou o volume de contas em atrasos nas lojas e, por consequência, o tamanho das perdas das varejistas.