A retração da economia brasileira e a queda no consumo, levou cias. de vestuário e calçados a mudar planos de investimentos em lojas e novos negócios.