Amazon: nos EUA expandirá entregas com motoristas de serviço por encomenda. Na Europa abrirá rede de armários para entregas de produtos.