A ascensão do e-commerce é inevitável, mas dois tipos de lojas físicas ainda têm futuro, diz líder da unidade de consumo americana do Goldman Sachs.