Aparentemente, é preciso errar muito para se tornar um zumbi no varejo, mas na realidade o caminho é simples: pare de inovar