Apesar da pujança no faturamento, as companhias dedicadas exclusivamente a vender roupa, calçados e acessórios pela internet não têm lucro.