Crise: ao invés de explicar, resmungar ou amaldiçoar alguém, o melhor a fazer é arregaçar as mangas, ralar como nunca e focar na essência do negócio.